sexta-feira, 16 de maio de 2008

a criança e a pintura, ou vice-versa


O mundo é feito de coincidências. No mesmo momento em que o meu filho Pedro publicava no blogue dele alguns (excelentes) quadros sobre "maternidade", estava eu a preparar uma conferência sobre a pintura, a poesia e as crianças, através dos tempos. O espólio é enorme!

Seguindo a ideia do Pedro, vou agarrar algumas dessas pinturas e colocá-las, tematicamente, aqui.

Começo por uma estátua de Eduard Vigeland, norueguês, sobre o amor: é afinal aqui que tudo começa...

4 comentários:

Anónimo disse...

O blogue do filho é o das Codornizes? Não vi pinturas nenhumas!! Fiquei com curiosidade de saber se é "tal pai, tal filho".
I'll be back later.

Quanto à estátua acho-a fantastica!
Veremos o que se segue

Huckleberry Friend disse...

Pai, parabéns pela recolha. Seriam belíssimas imagens para uma edição ilustrada dos Poemas do nascer!

Caro anónimo, sim, eu sou o filho é o meu blogue é mesmo o codornizes... junto aqui os links da comemoração que lá fiz do Dia da Mãe:

1. Poema de Herberto Hélder

2. Maternidade vista por mulheres

3. Maternidade vista por homens

4. Maternidade vista por Pablo Picasso

5. Maternidade vista por Mary Cassatt

Já agora, quem é o ilustre anónimo? Obrigado pelo seu interesse e vá visitando este blogue e o meu...

Anónimo disse...

Sou a Leonor, e o seu pai é o pediatra da minha filhota.

Pedro disse...

Muito prazer, Leonor! Espero que tenha gostado das pinturas e que continue a visitar o codornizes. Um beijinho!

Huckleberry Friend
Pedro Cordeiro