quarta-feira, 18 de junho de 2008

150 anos, de símio a Homem

Faz hoje 150 anos que Charles Darwin resolveu publicar a sua obra, na qual defendia a teoria da evolução das espécies.

Muita tinta já correu sobre esse artigo do cientista inglês, e até cartoons maliciosos como o que publicamos acima. A Igreja (e o Governo Americano), volta não volta, "malham" em Darwin, mas as provas que se vão acumulando parecem demonstrar que a teoria evolutiva está certa.

Se, a dada altura, houve um "sopro cósmico" a iluminar a mente de um certo tipo de primatas, isso é que ainda é discutível e permanece uma questão de fé.

2 comentários:

joao.pedro.s. disse...

Sem dúvida, um dos maiores génios (ou mesmo o maior) de todos os tempos! Que compreensão do mundo natural e que poder de observação! Espectacular! Creio que todos sonhamos, pelo menos uma vez na vida, termos um "Eureka moment" assim e que algo, por menor que seja passe de ininteligível para inteligível e nos sintamos grandes, enormes e maiores. O que só amplia esta maravilhosa descoberta é a forma como ele lá chegou. Implicou estudo e trabalho. conhecimento prévio e paixão. O planeta precisa de mais gente assim.

Jordano disse...

me provem isso por que eu não acredito nessa toria sem escrupulos se conseguires me provar!!
(desafio)