quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Grande Irmão



Hoje faz anos o meu Irmão mais velho, meu único irmão, e também Padrinho. Estamos distanciados... por seis irmãs..., mas cada vez mais em sintonia. Perfazemos, todos, 490 anos! Estamos já muito velhos...

Mas esta Entrada é para ele e para os filhos, netos e etcs dele. Que passe um dia muito feliz.

Big Brother - I am watching you!
With love!

10 comentários:

Virginia disse...

Já lhe dei os parabens no outro blogue, mas vão aqui mais uns pós de Felicidade duma das seis manas, a que está mais longe...mas presente.

Apaga as velas todas....como se eu lá estivesse!

Virgínia

Filipe Snr disse...

Do coração te agradeço 'Mano Novo'!

Realmente estamos a ficar velhos, só que uns mais que os outros...

De qualquer modo, enquanto cá andarmos...

Como disse no blog da Virgínia, amanhã vou de férias, por nove dias, ver o nordeste do 'Portugal profundo' (a quem é que eu já ouvi isto-?... grrr...).

Este País encanta-me cada vez mais!

Anónimo disse...

Muitos Parabéns Filipe e um dia muito feliz, calmo e sereno com todos os que mais ama.

Um beijinho amigo muito grande da
Catarina

miguel disse...

Parabéns para " o irmão mais velho" que tive o prazer de conhecer recentmente e que absorva do " Portugal profundo" aquilo que escasseia no " Portugal superficial".

Abraço

Miguel Leal

Filipe Snr disse...

Catarina e Miguel,

Enternecido com as vossas mensagens.

bem hajam!

Um grande beijo e um abraço, respectivamente.

Pat disse...

Querido Pai,
Já deixei mensagem no outro blog, já te dei os parabéns ao vivo e a cores, reforço apenas o que já te disse: Para mim, todos os dias estás de parabéns.
Obrigada por seres como és, o melhor Pai do mundo!
Um beijão enorme, como o teu coração!

catuxa disse...

Linda e merecida homenagem a um grande irmão, grande tio, grande pai e avô, grande Homem! Um grande beijo!
Tio Mim, quando fizerem 500 anos, temos de fazer um festão!

Teresa disse...

Depois de tantos encómios não me resta mais que "fazer minhas as palavras deles". Estou também a ficar tentada a percorrer o nosso Portugal que confesso, neste momento me atrai mais que o estrangeiro. O problema é arranjar companhia... Deve ser da idade, mas recordo muitas vezes a nossa infancia e as nossas brincadeiras. Dá-me ideia que brincávamos mais e com menos coisas! Um grande beijo da Teresa

Filipe Snr disse...

Mais uma vez, agradecido a todos!

Realmente, este país não fica nada a dever aos outros e, se soubermos explorá-lo bem, poderermos encontrar sítios ìmpares e paisagens delumbrantes.

Como já disse, o mal é de alguns dos habitantes...

Virginia disse...

A companhia arranja-se facilmente...Teresa. Eu acompanho.

:)))