sexta-feira, 16 de julho de 2010

férias - blogue a meio-gás

Crédito imagem.files.wordpress.com

É verdade! E estando praticamente sem net, não consigo actualizar o Blogue.
A partir de dia 26 já estarei outra vez "operacional".

6 comentários:

Virginia disse...

Acho bem...já era tempo de me deixares ter mais audiências que tu....:)))

Bjpo

Filipe Snr disse...

.
Poema das férias
(Jorge de Castro)

Porque há este Sol?
Porque há este mar?
Porque passam os dias nesta urgência de andar?
Porque se calam as aves neste mar de calor?
Porque ficam esperas de tempo a cumprir?
Porque andamos tão sós à procura do amor?
Porque é tão curta a vida e tão longo o penar?
Porque ficam os rios sem pressa de ir?
Porque estamos para aqui a voar, a voar?
Porque queremos partir não sabendo chegar?
Porque somos o vento no monte a bater?
Porque há tanta flor a abrir e secar?
Porque é tão fugaz o restolho a arder?

Porque há este Sol?
Porque há este mar?
Porque vamos de férias quando há tanto a fazer?

Pedro Cordeiro disse...

Aproveite mas é as férias ;) bjs

Rita disse...

BOAS FÉRIAS!

Dulce AC disse...

"Navio que Partes para Longe

Navio que partes para longe,
Por que é que, ao contrário dos outros,
Não fico, depois de desapareceres, com saudades de ti?
Porque quando te não vejo, deixaste de existir.
E se se tem saudades do que não existe,
Sinto-a em relação a cousa nenhuma;
Não é do navio, é de nós, que sentimos saudade.

(Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos")

Que cada um de nós
nas suas férias
possa então matar saudades de Si!

Boas Férias!

dulce e catarina

Riq disse...

Boas férias! Eu já fui. Riq (www.poucosdentesmuitasmanias.blogspot.com)