segunda-feira, 22 de outubro de 2007

quentes e boas...


Parece quase surreal estar de mangas de camisa e calções, com um Verão madeirense, a passear na Avenida do Mar e a ver as pessoas a comer castanhas.
“Quentes e boas!”.


Comer castanhas em fato de banho “não é normal”.

Mas, em Lisboa, na Praça de Londres, o Senhor Eduardo já assentou arraiais – vamos visitá-lo amiúde, neste Outono!



Fotografias: MC

6 comentários:

joao pedro disse...

Já que fala nelas... são óptimas e faz algum tempo que não as como. A minha mãe não se livra de me assar umas este Inverno :)

Sabem tão bem assadinhas, quando está frio. Sentir o calor e pô-las ainda a ferver na boca... ai ai...

Abraços,
João Pedro

Sofia pipopó disse...

É pena que não esteja aquele frizinho para as comer, mas sabem sempre bem... quentes e boas! O senhor Eduardo não perde pela demora... lá passarei para comer castanhas! beijinhos

Pedro pipopó disse...

Que bom, que bom... o Outono começa a explicar-se! Hoje já tive batata-doce assada ao jantar, cortesia da pipopó que escreve acima. Deliciosa! E ao senhor Eduardo visitá-lo-emos, com gosto e com manos, nos próximos dias. Em bermuda ou de cachecol, é sempre um prazer

pedro sanchez disse...

Adoro castanhas, de todas as maneiras, mas especialmente assadas e quentes e boas.
Oh Pedro essa de falar de batata doce assada já me está a fazer água na boca. E quem ainda não experimentou batata doce frita às rodelas, recomenda-se.
O Sr. Eduardo não conheço mas pela conversa digam-me lá onde ele para par eu lá ir.
bjs, pp.

Pedro disse...

Esquina da Praça de Londres com a Avenida de Paris, pp. E no Verão vende gelados. Bjs

Pedro disse...

Ah, pp, e passa pelo codornizes, que seria um gosto ter-te a comentar por lá!

Pai: não proteste, publicidade própria em casa alheia com publicidade alheia em casa própria se paga!