segunda-feira, 29 de outubro de 2007

há sempre algo de novo na vida



Pois foi preciso chegar aos 52 anos para ver realizado um sonho de sempre: ter um violino.
Como canta o Chico Buarque: "alguém me adivinha os desejos".

Agora é... aprender e estudar. Mas a sensação de agarrar nele hoje e, pelo menos, fingir que era primo (muito afastado...) do Menuhin, foi muito boa. E o desafio é grande, mas assim é que tem graça!

Como escreveu Paul Verlaine: "Les sanglots longs des violons de l'automne blessent mon coeur d'une langueur monotone" - e foi assim que o dia D começou.

6 comentários:

manuel teixeira disse...

Mais vale tarde do que nunca, e só se vive uma vez !
Boa sorte meu amigo, no praticar é que está o ganho.

Mas atenção aos vizinhos...

Sofia Wahnon disse...

Belo blog. Parabéns! É verdade que precisamos, e muito, de mais espaços azuis entre as núvens...Gostei muito das notas da viagem ao Funchal - foi a minha terra por dois anos, os primeiros da vida do meu filho, o David. A Esperança foi um lugar muito procurado por nós, onde comprámos as histórias do Bábar, em edições vintage dos anos 70, as únicas que encontrámos desde então.

Vou continuar a visitar.

Até breve. Sofia Wahnon

Paulo + Natalina disse...

Parabéns pela aquisição...
parabéns pelo blog...
bons treinos e boas escritas!!
fico a aguardar notícias suas...
cumprimentos,
Natalina.

virginia disse...

Parabéns ao tio avô!!

Já foi uma foto minha (um futuro craque ou crac-crac) do instrumento em questão, mas a minha avó não sabe como se editam!!

A Avó disse:

Boa sorte para o blogue. O AZUL é sem dúvida a cor do momento ( sorry, predilecções desportivas sempre latentes:::)

Beijo do Daniel

Milene disse...

Há sempre algo de novo na vida mas tudo são MOMENTOS...: momentos que fazem e são Vida.
Ainda bem que continua a haver quem mais do que oferecer, goste de surpreender...! São esses os melhores momentos.
Que o desejo pelo estudo do violino não seja um entusiasmo de momento, mas que de um momento para o outro, desde o primeiro momento e a cada momento, consiga momento a momento e até ao último momento, por momentos..... num momento apenas, utilizar este SEU BLOG para "dar música" a todos Nós...!


Milene

Anónimo disse...

Viva, professor Mário! Deixe-me congratulá-lo pelo excelente blog que nos dedica, assim como pela decisão de aprender a tocar uns dos instrumentos mais elegantes e sublimes que compõem a musicalidade da alma humana e de uma orquestra.

Dulce Martins