segunda-feira, 19 de outubro de 2009

"20 anos de pastor, Jacob serviu"...

Entrei para esta casa, como docente, faz hoje 20 anos.

Tenho passado excelentes momentos na "minha" faculdade, primeiro na cadeira de Pediatria Preventiva e Social, depois na de Saúde Pública.

Já leccionei a cerca de 3000 alunos de Medicina, e tive a oportunidade de orientar estudos, teses de mestrado e de doutoramento.

É uma experiência única, ser docente, e tenho como modelo o sistema inglês, em que o professor é um tutor, e tem uma relação próxima dos alunos. O facto de, nos grupos práticos, o número de alunos ser reduzido (cinco por grupo) permite dar aulas e orientar trabalhos em casa, cafés, parques, num ambiente favorecedor de uma sistema de ensino/aprendizagem que estimule os alunos a revelar talentos e a gostar do (enorme... exigimos enorme) esforço de aperfeiçoamento.

O gosto pelo conhecimento fica entranhado, bem como a revelação (após cinco anos de Curso passados em hospitais) de que "há vida cá fora" e que, além da doença, até existe uma coisa chamada "saúde".

9 comentários:

Filipe Snr disse...

Antes de mais, Parabéns!

O Pai haveria (estará-?) extremamente orgulhoso de Ti!

Espero que os teus Filhos, e também os Sobrinhos, sigam as Tuas pisadas.

Teresa disse...

No dia 1 deste mês fez 46 anos que comecei a dar aulas no Beiral! A Caia encontrou na Luz a Zezimha Maciel (lembra-se dela?) que pertenceu ao meu primeiro grupo de alunas e ela disse que ainda se juntam de vez em quando, que se lembram muito de mim e que para a próxima me convidam. Deus queira que sim, pois há alunos que nos marcam mais que outros e estas (talvez por serem as primeiras) ficaram para sempre presentes.É bom pensarmos que deixámos a nossa marca ( positiva,espero) em tantos alunos e que de algum modo (mesmo invisivel) contribuimos para um melhoramento do nosso Portugal.

Elisete disse...

Parabéns! Espero que os seus alunos tenham sabido/saibam tirar proveito do professor que tiveram/têm e que esteja a formar médicos à sua imagem. Eu tive professores fantásticos (também na UNL mas na FCT) que recordo muitas vezes na minha vida profissional.

Anónimo disse...

Parabéns! Vinte anos já é muito ano, e é bom saber que o gosto pelo ensino mantém-se e continua a estimular e a dar prazer. E não é qualquer um que o consegue, pois é necessária muita dedicação, investigação, imaginação e, creio, alguma paciência.
É realmente bom sermos felizes naquilo que fazemos e construimos!

Um beijo,
Catarina

zé disse...

Se a medicina fosse a minha vocação (qual será?) não tiraria o curso enquanto não tivesse como garantia que o Mário seria meu Professor!
Em nome dos seus alunos, Muito Obrigado.

Virginia disse...

Mas que engraxadelas que para aqui vejo!:))

Agora a sério: tenho dois sobrinhos por afinidade que foram alunos do Mário na FNL e que gostaram imenso de o ser. Pelos vistos eram bons alunos também. Ambos estão agora a tentar ter um bébé por inseminação artificial, dado os problemas que têm tido em conceber.Oxalá consigam que merecem.

E não é para me gabar....mas em 37 anos de ensino, tb me passaram milhares de alunos pelas mãos e muitos ficaram -me na memória. Terei ficado na deles, provavelmente, mas nunca se sabe. É um prazer é saber que muitos filhos de amigos e sobrinhos nossos estudaram pelos "meus" manuais escolares - onde incluí sempre que pude referências aos livros do "Teenager health-freak" de tão saudosa memória. O último - "Spotlight 7" - ainda está em vigor no 7º ano e tem lá as primeiras páginas do livro em Inglês, claro!

Parabéns, mano!

Mário disse...

Muito obrigado a todos!
Tem sido um tempo muito feliz, apesar das intrigas universitárias e de algumas idiossincrasias. Pelo menos tenho graus de liberdade para dar as aulas como gosto, o que já não é nada mau.
è engraçado, aliás, encontrar ex-alunos, ou tê-los como pais de pacientes.
Ainda bem que o autocarro 22 se atrasou e eu pude regressar ao Liceu, rasgar os papéis da inscrição na alínea A (Direito) e mudar para a F (Medicina). Um acto de "loucura" que resultou, como porventura todas as ousadias.

joaopedrosantos disse...

Parabéns!
Que ensine por muitos mais anos, porque tem muito para ensinar. Todos os professores soubessem tanto e tivessem tanto para transmitir.
Um abraço e continue!

marta paixao disse...

Muitos parabéns!!!
Não são muitos, mas há de facto professores que nos marcam. Tenho a certeza que é um deles!!!
Bem-haja e que continue a ensinar por muitos anos.