quinta-feira, 29 de outubro de 2009

"vende-se mãe por dez cêntimos"

O Armando Vara (ou como chegar "de bancário a banqueiro em dez lições") arguido? Suspeito? Corrupção? Um homem probo e transparente, competente e isento como ele???

"Nã" pode ser...

2 comentários:

Filipe Snr disse...

Eu não acredito em bruxas, 'mas que las hai, hai'...

Rui disse...

A Armando Vara há muito que deveria ter ido directamente para a prisão sem passar por tribunal.
Este sujeito é um exemplo do sucesso do chico-esperto em PT.
Relembrando as voltas mais conhecidas do sujeito:
- As acusações de financiamento e gestão obscuras na Fundação para a Prevenção e Segurança provocaram a sua demissão de Ministro do MAI (a julgar pelos vários ex-ministros que passaram nos últimos anos pelo MAI parece que os espécimes têm que pertencer à classe dos invertebrados). Contudo, nenhuma daquelas irregularidades foi provada.
- O ex-bancário criou, com mais dois amigos (um deles Sócrates, imagine-se!!! ), uma empresa de combustíveis!!! Não tenho nada contra empresas de combustíveis, mas a experiência dos sócios na actividade... cheira-me a esturro. É estranho!
- Em determinada altura necessitava de um prefixo para o nome. A Universidade Independente deu-lhe um (licenciatura em Relações Internacionais). Mais uma infeliz coincidência com Sócrates – sinceramente ficava mais tranquilo que estes dois não se conhecessem, mas consta que são muito chegados e lembro-me bem das palavras amigas de Sócrates aquando da sua transferência para o BCP: "Inveja social".

Terá filhos? E orgulho no exemplo que lhes dá?

Oxalá desta vez não passe!