segunda-feira, 23 de março de 2009

daqui para diante já não marcamos penaltis...

O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, deixou expresso, esta segunda-feira, em Luanda, ao Papa Bento XVI o compromisso no prosseguimento da construção de uma sociedade assente "no respeito pelos direitos humanos, na democracia e na justiça social".

JN on line


Infelizmente estas magníficas declarações não puderam ser registadas por Cândida Pinto, enviada do Expresso, impedida de entrar em Angola pelo governo "democrático" de José Eduardo dos Santos...

2 comentários:

zé disse...

Sendo o Papa uma fonte fidedigna, não é necassário deixar entrar jornalistas para confirmar o que, sendo transmitido pelo adolescente Bento (16), é uma verdade inquestionável. Houve, aliás, zelo pela saúde de Cândida Pinto que poderia ter apanhado alguma daquelas diarreias que se apanham nesses países de zulus ou lá que é...
No final, Zé Santos agradece o favor ao Papa (o favor de, vá lá, ter trabalhado a verdade)e oferece-lhe uns magníficos diamantes para aquele mandar fazer mais uma pesada e valiosa cruz que onstentará numa cerimónia em que falará em latim, que é coisa fina.
Bom, até acredito que J. E. S. tenha dito aquelas palavras. As palavras são verdadeiras, a sua intenção ri-se delas...

zé disse...

Corrijo: ostentará