quarta-feira, 11 de março de 2009

the problem is the Dalai Lama, stupid!

PS, PSD, CDS-PP e PCP destacaram hoje os esforços do Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, na consolidação da democracia naquele país e congratularam-se com o aprofundamento das relações entre Portugal e Angola.

Publico on-line


Destas declarações, os partidos terão de dar, segundo a Lei Vigente em Angola, 10% à Tchizé, filha de "dos Santos", 3% ao ano vitalícios para o próprio José Eduardo, e ainda prometer caçar dois oposicionistas e censurar três artigos de opinião, ir ao próximo banquete em Luanda para comemorar o facto de o neto do presidente já fazer xixi no penico, além de terem de gritar, duas vezes por semana, na AR, um sonoro "Viva o Grande Presidente da antiga colónia do fascismo português, agora uma pátria livre de todos os angolanos"

4 comentários:

Elisete disse...

O problema é que não são os partidos a dar ...

joaopedrosantos disse...

Abram alas ao Pre.. abram alas ao Zé. Porque é assim que o devemos tratar. Não é presidente, tecnicamente, não. A elaboração de um símbolo da democracia como é a constituição não é desculpa para se praticar o oposto, uma ditadura. Por isso, e se ele não é presidente, que se lhe chame o que ele é, o Zé.

Anónimo disse...

Preferia não saber estas coisas...fico piursa....
É revoltante.

Anónimo disse...

Anónimo sou eu, Virgínia ( piursa q.b.)