quinta-feira, 31 de julho de 2008

convém recordar...

Foi num sinistro dia 31 de Julho, em 1932, que o Partido Nacional-Socialista ganhou, com 38%, as eleições na Alemanha, sendo convidado para formar governo.
Que nunca esqueçamos: o Mal pode chegar à bruta, mas pode aparecer também de mansinho - é entre as flores que as ervas daninhas crescem, e todo o cuidado é pouco.

2 comentários:

virginia disse...

A História de despotismo começa sempre com um Salvador em tempos de conturbados. Deus nos livre de salvadores destes, penso que nunca perceberemos como foi possível tanto requinte e tanto ódio.

Mário disse...

Os homens providenciais são sempre desejados nos países humilhados e com baixa auto-estima, como foi o caso da Alemanha após a I Guerra.
E os populistas sabem bem como manipular os sentimentos mais primários das pessoas: arranja-se um bode expiatório étnico ou grupal, lançam-se sementes que aprecem redimir o povo, apresenta-se como salvador, e depois eliminam-se um a um os eventuais "diferentes" e adversários. URSS, Alemanha, Chile, Angola, Zimbabwe... muitos!