terça-feira, 2 de setembro de 2008

do século XVI ao século XXI

Como é que uma coisa tão bonita...

... pode ter o mesmo nome de uma coisa tão perigosa e feia!

Já ultrapassa as dez, as pessoas afectadas pelas "caravelas portuguesas", estas alforrecas gigantes. Fujam delas!

1 comentário:

joaopedro disse...

Já tinha ouvido falar dessas marotas. Até as acho relativamente interessantes. Bom, temos de ter em atenção que não são propriamente devoradoras de Humanos, nós é que "conquistamos" o ambiente delas.