terça-feira, 29 de dezembro de 2009

de volta à cidade


Com chuva, cinzentude e algum trânsito. E os compromissos da ordem.
Sabia tão bem um aninho de reforma, para dispôr totalmente do Tempo... mesmo que isso seja um privilégio dos deuses...

Fotografia: MC

11 comentários:

Maria João disse...

Olá Dr Mário, boa tarde!

Espero que tenha tido um óptimo Natal e que coma todas aquelas guloseimas que pelos vistos vai deixar para trás brevemente!!!!
Não tendo este post nada a ver mas aproveitando o espaço, no dia de Natal uma tia minha disse-me que parece que tinha ouvido que não ia ser precisa a segunda dose nas crianças? Já tentei ligar para o centro de saúde, mas não me querem falar!!! Já agora pergunto-lhe se sabe alguma coisa?
Obrigada e um beijinho

Maria João

ps Boas entradas e que 2010 lhe traga tudo de Bom!

Mário disse...

Do que eu sei, até aos 10 anos ainda se preconiza uma segunda dose.
Bom Ano

Huckleberry Friend disse...

Foi o que me disseram no Centro de Saúde quando vacinei a minha filha (14 meses). Quanto ao aninho sabático, caro progenitor, já merecias...

Maria João disse...

Ok!

Obrigada mais uma vez!!!!

Quano ao aninho de refo0rma, nãooooooooo, o que será de nós!!!??? Mas
tbm concordo que já o merecia!!!

Filipe Snr disse...

Ah! Apanhei-te! Desta vez ias tu a guiar e a fotografar ao mesmo tempo...

Mário disse...

Eh, eh! Já estava à espera dessa (principalmente vinda de um irmão e padrinho!), mas parei o carro para "exercer o direito ao registo de imagem"... palavra!!! Até porque os "chuis" andam por aí...

Filipe Snr disse...

Só te enterras mais... Com que então paraste na faixa da esquerda para tirar a foto-?!...´Por alguma razão te chamavam´'o Doutor da esquerda'... Olha se os chuis estavam mesmo lá!...

Mário disse...

Abrandei, abrandei... que caia um raio em cima do meu padrinho!!!

Filipe Snr disse...

Pois...

Como agora andas fotografando tanto o Alentjo imenso como as paisagens campestres ou as ruas lisboetas (é a Avª de Berna, não é-?), deixo-te aqui a 2ª parte do poema 'Guardador de rebanhos' do Alberto Caieiro:

O meu olhar é nítido como um girassol.
Tenho o costume de andar pelas estradas
Olhando para a direita e para a esquerda,
E de vez em quando olhando para trás...
E o que vejo a cada momento
É aquilo que nunca antes eu tinha visto,
E eu sei dar por isso muito bem...
Sei ter o pasmo comigo
Que tem uma criança se, ao nascer,
Reparasse que nascera deveras...
Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do mundo...
Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender...
O mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo.

Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a amo, e amo-a por isso,
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem o que é amar...

Amar é a eterna inocência,
E a única inocência é não pensar...

Mário disse...

Foi isso: quem tirou a fotografia não fui eu, foi um heterónimo meu...

O poema é lindo, como todos os de Alberto Caeiro. Os do guardador de rebanhos, só de reavivar os elementos bucólicos da pastorícia (que tanto vivi na Lourinhã e em Óbidos - porque é que os pastores são tão "especiais"?), são dos meus preferidos.

Tenho um disco para ti, dos poemas de Pessoa pelo Marianno Deidda. Vais gostar. Cm o I saíu uma colecção de pequenos livros do Pessoa, mostrando uma faceta um pouco diferente dele.
Ando à procura de saber mais sobre o António Mora, depois de ter descoberto a sua existência.

PS: o local do crime foi a Av. Berna, a caminho da SIC, hoje de manhã (paradíssimo, claro!!!).

Virginia disse...

haha, mano apanha mano. O que vale é que a mana não tira fotos enquanto guia...pura e simplesmente porque não guia, pois é suficientemente maluca para tirar fotos à beira de precipícios. Gostei da cavaqueira amena no blogue. Já há dias que não o abria...o meu PC está com virus e volta e meia vai abaixo, de modo que só escrevo no meu blogue :)))

BOA PASSAGEM de ano....a reforma vai vindo aos pouquinhos e tu és um jovem que segundo creio só se irá reformar quando andar de muletas!!!

Que chova pouco nos dias que se seguem, o Douro já está pelas costuras.

Tb tenho os livritos do I. São muito bons.