domingo, 21 de dezembro de 2008

começou o Inverno

Hoje começou o Inverno - mas, para contrariar o "desagradável" da Estação (eu pessoalmente não desgosto de certos tempos invernosos), há a consolação de os dias aumentarem um minuto de manhã e um minuto à tarde, até vencerem a noite a 21 de Março.

5 comentários:

Virginia disse...

Gosto das tardes que terminam cedo, sobretudo nas zonas onde há luzes e lojas e iluminações, pessoas a correr de um lado para o outro, autocarros, vendedores de castanhas, miudos a vir das escolas, etc.
Não gosto de tardes curtas em sítios tristonhos, quando estou junto ao mar porque fica frio, quando tenho de esperar alguém para jantar e esse alguém nunca mais chega.
É bom ver os dias a crescerem, ir buscar o meu neto e poder ainda fazer alguma coisa cá fora, ir ao jardim, aos baloiços ou mesmo à piscina.
A alternância é óptima...nunca nos fartamos, pois está sempre a mudar.

Mário disse...

Gosto de sentir a chuva a bater na vidraça, os raios e trovões num dia negro, mas estremeço ao pensar nas habitações degradadas, na humidade e no frio que enregelam pessoas até aos ossos, nos velhos que morrem porque as pneumonias abreviam o seu fim.

Gosto do Inverno, mas gostava que o meu Inverno fosse de todos.

Virginia disse...

Isso é o sonho de muitos...infelizmente no nosso país rapa-se frio , mesmo nas casas ditas burguesas. Quando comprei o meu apartamento há dez anos, exigi (?) que tivesse aquecimento central a gaz.
É a melhor coisa que se pode ter para se sentir bem no inverno em casa. O Porto é frio e muitas casas são antigas, sem condições. As pessoas velhas emroscam-se num cobertor e vêem os dias a passar, não se reaje, tudo parece fazer mal.
Adoro abrir janelas, mesmo no inverno porque sei que a caldeira trará o calor que se foi embora. Sei que é um privilégio, mas não é isto muito melhor que comprar malas Louis Vuitton ou carros topo de gama?

sofia disse...

Isso é tão lindo, dizer que gostava que o seu inverno fosse o de todos. Eu também penso frequentemente nas pessoas que sofrem por uma ou outra razão. Sobretudo nas crianças e nos velhos. Eu também gostava que o meu inverno fosse o de todos. Desculpe o plágio... Feliz Natal e obrigada pela sua ajuda com o meu filhote. O Professor é um "porto seguro" em certas invernias... :-)

Mário disse...

Sofia
Obrigado.
Mas cada vez mais creio que é rodeando de pessoas felizes que se vai sendo progressivamente mais feliz - e o contrário também é verdadeiro: a amargura e o negativismo são altamente infecto-contagiantes.
Bom Natal