sábado, 15 de dezembro de 2007

lanche de Natal do Eduardo

Hoje vamos ter um lanche de Natal cá em casa, com mais de uma dezena de meninos entre 4 e 5 anos.

A vida não se faz sem coragem! E o Eduardo é que teve a ideia e lutou por ela, dando uma enorme ajuda em tudo.

Os filhos são a melhor coisa que há, e às vezes tenho vontade de o repetir ad nauseum.

2 comentários:

Milene disse...

Tenho afirmado muitas vezes que os FILHOS são de facto a melhor coisa que Deus nos dá: a Vida não seria a mesma sem eles e tantos momentos teriam sido jamais vivenciados ...!! Agora nem todos esses momentos são bons: há os menos bons, e os maus também, e por isso temos que estar preparados para tudo...!!! Mas enfim, por "Eles"...., vale sempre a pena, "Quase Tudo!!!"
.
Quanto à ajuda do Eduardo..., ela é no mínimo questionável, mas certamente que a vontade foi enorme...!!
Relativamente à "Coragem", ela é mesmo necessária quando damos o OK para a realização destas festas: a partir desse momento... está a confusão instalada e tudo o resto vem por acréscimo. Somos constantemente surpreendidos pela nossa capacidade de adaptação às circunstâncias, quase ilimitada, às vezes, mesmo quando aparentemente as circunstâncias são algo adersas...
Com a certeza porém de que no fim de tudo, feito o balanço da festa, nos sentimos cansados, mas muito felizes e completos pelo trabalho realizado.
Boa Sorte para esse lanche de Natal que ficará certamente com o Eduardo como uma das suas boas recordações de infância
Bjs Milene

Mário disse...

Não foram "uma dezena", foram precisamente duas...
Alegria, um tempo maravilhoso que deu para expandir energias no exterior, e depois um lanche em que verifiquei uma de três hipóteses: 1. ou eles comem muito pouco; 2. ou nós hiper-estimamos o que eles comem; 3. ou nós com a idade deles comíamos muito mais...