domingo, 12 de outubro de 2008

vencer os monstros que habitam cá dentro

As histórias infantis não ensinam às crianças que os dragões existem.

Isso já sabem elas.

O que lhes ensinam é que elas podem matar os dragões.



GK Chesterton

6 comentários:

A Cor da Rosa disse...

Que engraçado! Ouvi esta frase ontem no final da série Mentes Criminosas!

Anónimo disse...

Mas há um dragão que sobrevive a todas as tentativas de crime. O nosso, o FCP, o Dragãaaaao mais forte de todo o universo!!

Desculpa o meu entusiasmo, mas depois do jogo tão conzento da selecção, apetece-me pensar no campeonato outra vez :)))

V.

Mário disse...

A Cor de Rosa - Bem-vinda!
O Criminal Minds é uma das minhas séries de culto. Como o CSI, nas suas várias versões, e o NCIS.

Adoro o D. Spencer Reid, embora todos estejam lindamente nos seus papéis e as personagens façam um excelente puzzle, eventualmente melhor do que no NCIS, em que tudo é um bocadinho mais apalhaçado.

Esta frase ouvi-a, há muitos anos, ao Professor Emílio Salgueiro.
De qualquer maneira, prende-se com o estudo que estou a fazer desde há uns anos sobre as histórias infantis e a necessidade de monstros, dragões, lobos mesmo muito maus, etc.
Aparece sempre.
PS: posso adicionar o teu Blogue à minha lista, aqui?

Virgínia - aí, a genética não nos deu ADN igual... eu sou lampião assumido e fervoroso, embora goste de brincar e de não ser fanático, reconhecendo perante os factos que falta foi falta ou golo foi golo.

Que a Selecção foi uma "bosta", disso não tenho a menor dúvida! Alguém faça as contas a quanto custa aquela hora e meia, em termos de ordenados! Mais do que o almoço dos administradores dos bancos europeus para rsolver a crise (150.000€ um almocito, logo ali no Mónaco (que não o da célebre curva), segundo rezam as crónicas).

Carmo disse...

E não é isso que queremos?
Que os nossos filhos sejam capazes de enfrentar, lobos, madrastas e maçãs, monstros impiedosos e saiam libertos, se sintam vencedores e sejam saudáveis!

Mário disse...

Carmo: o que desejo, pelo menos para os meus, é que saibam que existem, dentro deles e das outras pessoas, o Bem e o Mal. E que aprendam a destrinçá-los, nas suas várias vertentes: o Mal nem sempre ataca à bruta, mas de mansinho, insidiosamente, revelando-se na mesquinhez e nos pequenos poderes, ou na destruição do Outro com pequenas facadinhas nas costas.

Quanto ao mundo exterior, é bom que saibam que podem combater e eventualmente vencer os "lobos maus" e construir as suas "casinhas". E que um crisântemo amarelo, plantado num canteiro de um tranquilo colégio em Lisboa, pode ser a força motriz - para pais, filhos e educadoras - no enfrentar de mais um dia, em que as contrariedades e obstáculos surgirão - porque a vida é mesmo assim...

A Cor da Rosa disse...

Obrigado por ter adicionado o meu blog à sua lista!
Também adoro o Dr. Spencer Reid. Quanto ao CSI confesso que só gosto do Las Vegas e principalmente da dupla Grissom e Warrick!
Boas séries!